..

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Doçura..^♥^


Amor que entrou na minha vida
Esperado há tanto tempo,
Não te esqueças de mim
Não me deixe sem ti mais infeliz.
Não te afastes tanto tempo,
Poupe-me deste tormento
De não tê-lo preso em meus braços
Tu és o amor, aquele que plantaste.
Este amor que surgiu do nada
Entrou em mim sem permissão
Invadiu minhas defesas




Derramou-se inteiro no coração.
Preciso sentir os teus braços
Encontrar-me nos teus abraços
Penetrar nos teus delírios
Ser para ti a mulher que te faz vivo.
Venha com todos os teus sonhos
Que te darei meu corpo ardente
Minha saudade, meu contentamento
Na brancura alva do meu leito
Amando-te docemente.^♥^

(MÁRCIA ROCHA)

2 comentários:

Crys disse...

Belo texto lindona...romântico como voce...mandei a explicação por email...recebeu?
bjs carinhosos e uma linda noite...

A.S. disse...

Belo! Intenso! Sensual... bada palavra é uma ardente caricia deslizando suavemente sobre a pele...


BeijOOO
AL