..

domingo, 19 de janeiro de 2014

Confesso-te.*...


As singelezas dos meus olhos são tuas. 
Os teares de sonhos que bordo nas noites de estrelas são teus. 

Confesso-te aqui, despida de reticências e de alma nua.

Digo-te que anseio deixar-me em ti e adormecer no teu regaço, 
entre vermelhos beijos, toques mágicos e silentes abraços.

Confesso-te...

Mora em mim, em um quarto e sala, a famigerada espera, 
aquela que consome os dias e acorda as noites, sem trégua.
Digo-te que anseio a tua fragrância lunar que embala minhas noites, quero-a aqui, viva, deslizando na minha pele, 
desenhando minhas curvas, gotejando todos teus amores.

Confesso-te...

Em veleiros abandonados ao léu deitei-me e desejei teu céu. 
E na busca incessante de estranhos mares, descobri-te o óbvio, 
o seguro de um porto, que sempre sublimei em meio a tantos amares.
Digo-te que te deixo tocar-me a pele com tua canção, 
sepultando assim todas as marcas invisíveis das notas perdidas e
 sofridas do meu intenso coração.

Confesso-te...

Nada sei de fingimentos. 
Sou transparente e às vezes singro ao gosto do vento. 
E as palavras carregadas de emoção emergem sem tolhimentos. 
Pois é do meu interior, aquém eu mesma, que sempre brotam os reais sentimentos.
E digo-te que sem ti sou corpo sem alma, alma sem pouso, pouso sem guarida, sou apenas luz fria. 
Sou toda tua. Em espírito e em vida.

Confesso-te...


Karinna*

╚╗╔╝♫(¯`••´¯).(¯`••´¯)
╔╝.(¯`••´¯).¸.•*❤*•.¸.•*(¯`••´­­­­­­­­­­­­­­­­­­­¯)
╚══*•.¸.•* .... ԼƠVЄ.... *•.¸.•*❤ YOU.
Darlene Alves...

Um comentário:

Malu Silva disse...

Darlene,

Hoje vim lhe convidar a conhecer e, se desejar, acompanhar um novo espaço onde estou postando com mais amigos, pois o Infinito Particular está desativado e este outro blog que estou fazendo parte é de excelente qualidade e muito bom gosto
Ficarei feliz com sua visita.
Abraços

http://refugio-origens.blogspot.com